Vantagens e importância da vistoria de imóveis

Vantagens e importância da vistoria de imóveis

A vistoria realizada antes do imóvel ser alugado pode ser encarada como uma ferramenta jurídica que protege tanto o locador quanto o locatário e, embora não seja obrigatória, é necessária. Ela serve para garantir que o imóvel a ser locado esteja em condições de uso, e também é uma maneira de garantir que posteriormente ele seja entregue na mesma situação em que foi alugado, salve o desgaste de uso.

Gostaria de saber um pouco mais sobre as vantagens e importância da vistoria de imóveis? Continue lendo.

O que é a vistoria de um imóvel?

Vistoria é o ato de avaliar um imóvel, observar os detalhes e verificar sua habitabilidade.

O imóvel como um todo é analisado: acabamento, fiação elétrica, encanamento etc. É possível que o inquilino ou o proprietário estejam presentes, embora um vistoriador possa simplesmente apresentar o laudo com o levantamento dos itens que foram observados.

O que deve ser avaliado em uma vistoria?

Uma boa vistoria é aquela que abrange o imóvel como um todo, tanto as suas áreas internas como externas.

O ideal é contratar um profissional qualificado ou uma empresa especializada, que documente tudo com fotos e gere um relatório completo. Alguns itens essenciais a serem observados:

1 – De fora para dentro, analise a fachada. Como é a entrada do imóvel? Como estão as portas e as janelas?

2 – Em que estado de conservação a pintura do imóvel se encontra?

3 – Como a parte elétrica se encontra? Você vê cabos e fios expostos? A caixa de força apresenta ferrugem? Os interruptores estão funcionando?

4 – Verifique os trincos e fechaduras, o ideal é que eles possam ser utilizados sem nenhum esforço ou sem recorrer ao famoso “jeitinho”.

5 – O vaso sanitário e a pia estão funcionando bem? As torneiras gotejam?

6 – Quais mobílias foram deixadas no imóvel? Qual o estado delas?

7 – Como está o estado das vidraças do local?

8 – Verifique o telhado e avalie se há manchas escuras no teto, pois são um indício de vazamentos.

9 – Certifique-se de que não há nada que possa prejudicar a sua saúde, como bolor, vazamentos de gás, curto-circuito.

Modelos de planilhas para vistorias de imóveis

Laudo de vistoria

O laudo de vistoria normalmente é emitido por uma imobiliária, mas quando isso não ocorre, ainda é possível que o inquilino ou proprietário elabore o relatório e anexe ao contrato com a assinatura do locador e locatário, utilizando como prova judicial em qualquer eventual disputa entre as partes. Para evitar gastos com impressão e colaborar com o meio ambiente, recomenda-se entregar o laudo de forma digital, por email. Nesse caso, basta fazer uma pequena alteração no contrato de locação para que as partes confirmem o recebimento do documento e concordem com os apontamentos realizados.

Garantia para o locador e o inquilino

É necessário frisar que existem algumas situações que beneficiam tanto locadores como o inquilino.

1 – O inquilino tem alguns dias após a assinatura do contrato para constatar qualquer “problema”. Alguns problemas só aparecem em decorrência do uso, como problemas no sistema hidráulico ou elétrico.

2 – O proprietário pode solicitar uma vistoria durante a vigência do contrato caso receba alguma denúncia de mau uso do imóvel.

3 – O locatário também pode solicitar uma vistoria no imóvel caso tenha feito alguma alteração por conta própria, como trocar torneiras e azulejos. Lembrando antes de realizar qualquer modificação no imóvel é preciso obter autorização do locador.

4 – O locatário pode requisitar o cancelamento do contrato caso encontre algo prejudicial à sua estadia, como pragas, problemas elétricos ou hidráulicos.

Devolvendo o imóvel

Após o término do contrato de aluguel uma nova vistoria é realizada, nela, é verificado se o imóvel está em condições semelhantes a quando foi entregue ao locatário. Caso esteja tudo em ordem, o contrato é encerrado normalmente. No entanto, se alguma inconformidade for encontrada, o inquilino deverá resolvê-la antes de devolver as chaves.

Algumas imobiliárias possuem prestadores de serviços capazes de realizar reparos, pinturas, limpeza, etc. Cabe ao locatário optar por deixar a imobiliária encarregada de fazer as devidas manutenções no imóvel, mediante aprovação de orçamento, ou então fazê-las por conta própria e agendar uma nova vistoria para conferência. Independentemente de como essas questões sejam resolvidas, é necessário que tudo esteja claro quanto a quitação de valores.

Ficou alguma dúvida sobre a importância da vistoria de imóveis? Que tal receber nossos posts diretamente na sua caixa de entrada? Cadastre seu e-mail abaixo!

Receba nossos posts em seu email:

Posts relacionados