Como reduzir custos sem comprometer a performance

Como reduzir custos sem comprometer a performance

Dado o momento de instabilidade financeira no país, as empresas vêm cada vez mais procurando soluções que permitam economizar dinheiro e mantê-las ativas no mercado. O orçamento é fator determinante para o sucesso de qualquer empresa, já que uma situação difícil nas finanças pode significar problemas para o crescimento do negócio, para a realização de novos investimentos e até comprometer a continuidade das atividades.

Nesse contexto, as imobiliárias vêm procurando adotar ações que contribuam para a redução dos custos tanto por meio de procedimentos de análise e gestão financeira quanto por meio da otimização dos processos internos. Confira algumas dicas de como reduzir custos na sua imobiliária:

1. Analise a situação financeira da sua imobiliária

O primeiro passo para qualquer medida de redução de custos deve ser a obtenção de informações consistentes sobre a situação financeira da imobiliária, de forma que os cortes sejam realizados sem prejudicar suas operações.

Procure, assim, reunir a documentação relativa às despesas e analisar quais delas são indispensáveis e quais poderiam ser flexibilizadas. Analise também qual o foco econômico da imobiliária: qual das atividades traz mais retorno financeiro? Delimitar um raio de ação e investir nas atividades que mais contribuem para o caixa da empresa é uma boa forma de obter resultados positivos.

2. Analise os pequenos gastos

Alguns gastos básicos costumam ser considerados irrelevantes e podem, até mesmo, passar despercebidos na análise das despesas da imobiliária, resultando na perda de dinheiro. Os gastos com fotocópias e impressões são um exemplo disso.

Incentivar a consciência dos funcionários com relação ao uso do material de escritório é uma ótima forma de reduzir custos. Procure, assim, desenvolver uma política de utilização de recursos bem como da energia elétrica no escritório. Com o alto preço das contas de energia elétrica, controlar o número de lâmpadas acesas, computadores ligados e moderar o uso do ar condicionado pode trazer uma grande economia para a imobiliária. Analise também se os serviços de telefone e internet são adequados para a sua empresa e procure comparar operadoras, de forma a optar por planos mais econômicos.

3. Analise o desempenho da sua equipe

Um dos principais investimentos de uma imobiliária é a equipe. É importante, assim, analisar se ela vem trazendo o retorno esperado. Não se trata necessariamente de realizar cortes de pessoal, mas verificar o rendimento dos funcionários e procurar realizar ajustes que melhorem a sua eficiência pessoal.

A equipe é um dos maiores fatores de vantagem competitiva de uma imobiliária, assim, é importante que as alterações sejam devidamente avaliadas, visando à sua motivação e valorização.

4. Otimize os processos com a tecnologia

É importante que o gestor da imobiliária questione-se com relação aos resultados que vêm obtendo. É possível melhorá-los? O que está provocando as dificuldades financeiras? Além da redução de gastos, a otimização dos processos e a melhoria dos resultados é uma excelente forma de investir na saúde financeira da imobiliária, possibilitando um aumento dos ganhos.

eBook Como otimizar o processo de locação

Nesse sentido, a tecnologia vem contribuindo cada vez mais para a agilidade e a organização dos processos de locação e vendas. Invista, assim, nas ferramentas digitais para catalogar informações e imagens dos imóveis para captação, organizar os contatos dos clientes e os processos e gerenciar as negociações. Além disso, o marketing online é uma ótima forma de divulgação da imobiliária, contribuindo para que ela conquiste novos clientes, e isso não exige grandes investimentos em campanhas.

A tecnologia ainda auxilia na realização do processo de vistoria: o aplicativo VistoriaSimples apresenta uma série de facilidades para a realização de uma vistoria mais ágil e organizada. O VistoriaEntrada foi especialmente desenvolvido para o processo de ocupação de um imóvel, permitindo seu registro detalhado, com descrições e fotos. O VistoriaSaída pode partir tanto de uma vistoria de entrada previamente exportada quanto da criação de uma nova vistoria de saída e permite que sejam indicados os danos ocorridos no imóvel no período de locação. Conheça o VistoriaSimples, e como ele pode contribuir para a otimização dos processos de vistoria na sua imobiliária, aumentando a agilidade e reduzindo os custos.

Como a sua imobiliária vem enfrentando a crise econômica? Que medidas você adotou para a redução dos custos? Compartilhe suas experiências conosco nos comentários!

Receba nossos posts por email: