autogerenciamento

Importância do autogerenciamento para o seu dia a dia

Peter Drucker, em seu livro “Desafios gerenciais para o século XXI” exalta a importância de “gerenciar a si mesmo” para o profissional que deseja obter bons resultados e se destacar em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo. A ideia do autogerenciamento envolve a difícil tarefa de avaliar a si mesmo. Identifique suas forças e fraquezas como forma de investir em oportunidades e caminhos profissionais coerentes e assertivos.

Aqui no blog VistoriaSimples já apresentamos 8 dicas de autogerenciamento para atingimento das suas metas. Reveja este conteúdo neste link.

O autogerenciamento traz benefícios significativos para empresa, para o ambiente de trabalho e, claro, para o próprio profissional. Confira no post de hoje algumas das vantagens dessa prática:

1. Foco nos resultados

É comum nas empresas que profissionais passem muito tempo dedicados a se desenvolverem nos campos em que têm mais dificuldades. Em diversas áreas simultaneamente, o que pode ser um grande erro. A principal pergunta aqui é: faz sentido investir nessas atividades? Ao identificar os pontos fortes e motivações profissionais de um colaborador, não é mais efetivo incentivar seu desenvolvimento nessas áreas? É aqui que o autogerenciamento entra: permitindo o autoconhecimento de competências e habilidades.

Tomemos como exemplo um profissional que divide seu tempo desempenhando três funções: corretor de imóveis, gestor da imobiliária e responsável pelos treinamentos. A análise de suas habilidades e motivações no sentido de identificar qual desses papéis desempenha com maior excelência e prazer contribui para uma gestão do tempo focada em seus pontos fortes. Se ele tem mais facilidade para apresentar imóveis e fechar negócios, os resultados para a empresa seriam bem maiores se ele pudesse concentrar o seu tempo nessa atividade, não é mesmo?

2. Ganho de autonomia

Ao identificar as suas habilidades e valorizar suas principais competências o profissional também ganha mais segurança e confiança no seu trabalho. Afinal, ele estará atuando em uma área que desperta seu interesse e motivação.

Esse ganho de confiança e autonomia impacta diretamente na tarefa de um gestor, por exemplo. Desta forma ele pode delegar atividades com mais facilidade, aproveitando melhor o tempo, recursos e esforços da empresa.

Em outras funções, lidar com situações complexas de forma autônoma e segura trará a confiança dos gestores. Para ajudar no desenvolvimento de resoluções críticas de atendimento já escrevemos como lidar nos conflitos com clientes. Sugerimos que reveja este post.

3. Atitude colaborativa

O autogerenciamento é também um fator importante para os projetos em grupo, pois cada um dos membros de uma equipe tem plena consciência de quais podem ser suas melhores contribuições para o desenvolvimento de uma tarefa.

Esse olhar sobre si mesmo e sobre os outros membros de sua equipe contribui para um trabalho em equipe com mais sinergia e produtividade, influenciando diretamente o ambiente de trabalho, a comunicação entre colaboradores e a gestão dos grupos.

Você já conhecia a importância do autogerenciamento? Compartilhe suas experiências conosco nos comentários!

Posts relacionados